Notícias Investimento em inovação será prioridade da CAPES
Nova gestão

Investimento em inovação será prioridade da CAPES

Publicado: Terça, 11 Fevereiro 2020 17:37 , Última Atualização: Quinta, 13 Fevereiro 2020 11:32

 G9A3558

Em discurso durante a cerimônia de transmissão de cargo ocorrida nesta terça-feira, 11, em Brasília, Benedito Aguiar, novo presidente da CAPES, reforçou que, em sua gestão, a prioridade será investir em pesquisa, inovação e na formação de recursos humanos: “O fomento à apropriação e ao desenvolvimento do conhecimento científico e tecnológico para soluções de problemas nacionais serão prioridades em minha gestão”.

Engenheiro eletricista, mestre pela Universidade Federal da Paraíba (UFPB), doutor pela Universidade de Berlim, com pós-doutorado pela Universidade de Washington, nos Estados Unidos, Aguiar é o 22º presidente da CAPES. Entre outras condecorações recebidas ao longo de sua trajetória acadêmica, foi agraciado com os títulos de Doutor Honoris Causa pelo Gordon College (EUA).

A solenidade contou também com a participação de Abraham Weintraub, ministro da Educação, do ex-presidente da CAPES, Anderson Correia, que reassumiu a reitoria do Instituto Tecnológico da Aeronáutica (ITA), e de representantes da comunidade acadêmica.

Weintraub elogiou o trabalho do ex-presidente da CAPES e destacou a sua trajetória: “Anderson foi um prazer trabalhar com você! Foi uma grande surpresa! ” E continuou: “Um ano difícil e contas estouradas não inibiram o Anderson. Buscamos o resultado, salvamos o que era importante e os números estão aparecendo. Terminamos melhor que imaginávamos! Desejo sucesso no ITA! ”.

 MG 1774

Ao entregar o cargo, Correia elogiou a escolha de Benedito Aguiar e falou sobre as ações e desafios durante sua gestão à frente da Coordenação. “O MEC deu muito apoio para a gente. Não é fácil administrar a CAPES. Conseguimos honrar com o orçamento de 2019, com crédito adicional de R$200 milhões. Quero parabenizar a escolha do novo presidente. O Benedito reúne duas vertentes em sua carreira: a de servidor federal na área de Engenharia, com destaque na área de tecnologia, e professor federal”, destacou.

Weintraub agradeceu a Benedito por aceitar o desafio de assumir a Coordenação. “O presidente Benedito terá o trabalho, hercúleo, de dar continuidade ao trabalho do Anderson. Tenho certeza de que não vai faltar coragem e o apoio do MEC. Vamos atrás de recursos para fortalecer o orçamento. O presidente Bolsonaro prioriza a pesquisa, o ensino e a transparência. Desejo toda sorte ao novo presidente da CAPES! ", afirmou o ministro.

Ao final da solenidade, Benedito Aguiar falou sobre o desafio que terá pela frente e as metas da sua gestão: “Assumo a CAPES num momento estratégico, com importantes desafios a serem vencidos. Os mais relevantes são o reequilíbrio de distribuição de bolsas, com mais meritocracia e diminuição de assimetrias, a avaliação do Plano Nacional de Pós-graduação (2011 a 2020) e o cumprimento dos principais eixos estabelecidos, bem como a criação de novas metas para a próxima década e a implementação da nova metodologia de avaliação dos programas de pós-graduação, por meio de cinco dimensões”.

Investimentos
A CAPES é responsável pela avaliação dos cursos de pós-graduação stricto sensu (mestrado e doutorado) no Brasil. É a mais importante agência brasileira de fomento à formação de recursos humanos.

São 100 mil bolsas voltadas para a formação de professores da educação básica. Na pós-graduação brasileira, há 95,4 mil bolsas de mestrado, doutorado e pós-doutorado, além de 8,7 mil no exterior oferecidas graças aos 70 acordos firmados com instituições internacionais. O número de eventos científicos apoiados pela Coordenação chega a 800 por ano.

A CAPES também investe no Sistema Universidade Aberta do Brasil (UAB) e no Portal de Periódicos, que dispõe de 45 mil títulos para consultas, atingindo a marca de 170 milhões de acessos anuais.

 

(Brasília – Redação CCS/CAPES)
A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura CCS/CAPES

Compartilhe o que você leu