Notícias Bolsistas traduzem artigos brasileiros sobre a COVID-19
ARTIGOS

Bolsistas traduzem artigos brasileiros sobre a COVID-19

Publicado: Quinta, 09 Abril 2020 09:55 , Última Atualização: Quarta, 27 Mai 2020 19:18

Estudantes de mestrado e doutorado da Universidade Federal do Paraná (UFPR) integram projeto de tradução gratuita, que tem oferta limitada, e está com inscrições abertas.

Jhuliane2.jpeg

Os bolsistas da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES) participam de um projeto de tradução para o inglês de textos acadêmicos brasileiros que abordem a pandemia. Pesquisadores de todas as áreas podem se inscrever no edital até 1º de junho. Iniciativa do Centro de Assessoria de Publicação Acadêmica (Capa), a ação traduz e revisa gratuitamente artigos científicos que tenham relação direta com o novo coronavírus. No total, 36 documentos serão oferecidos em língua inglesa.

Segundo o Centro, o trabalho vai além da simples tradução e inclui assessoramento científico por pesquisadores de áreas como infectologia e genética. “Meu trabalho passará por outros olhos para que sua qualidade seja verificada”, explica Jhuliana Silva, integrante do projeto. “Este processo fomenta tanto a minha formação quanto o desenvolvimento de melhores escritores”, completa a doutoranda em Letras da UFPR e professora de inglês.

Bolsista da CAPES desde o mestrado, Jhuliane atualmente estuda formação continuada de professores de inglês. Ela, que também trabalha como tradutora autônoma, é voluntária no Capa. A doutoranda passou um período na Brown University (EUA) pelo programa Foreign Language Teaching Assistant, parceria da CAPES com a Fundação Fulbright, e fez estágio pelo Programa de Doutorado-Sanduíche no Exterior (PDSE) na University of British Columbia (Canadá).

“Espero que possamos ajudar pesquisadores a falar sobre seus achados de forma mais clara e para um público maior”, afirma João Victor Schmicheck, tradutor no projeto. O bolsista da CAPES no mestrado em Letras afirma que “esse é um momento em que eles estão tendo que lidar com um problema nunca visto anteriormente e achar soluções para serem aplicadas quase que de imediato”. Em sua graduação, João teve bolsa do Programa Institucional de Iniciação à docência (Pibid).

CAPES atua contra a pandemia
Desde o início da pandemia de COVID-19, a CAPES ajuda na luta contra a doença. No Programa de Combate às Epidemias, a CAPES financia 30 projetos, que receberão investimento total de até R$ 200 milhões, inclusas 2.600 novas bolsas de mestrado, doutorado e pós-doutorado. A chamada de propostas está aberta. Confira o edital nº 09/2020.

A CAPES também recomendou a suspensão de bancas de defesa de teses e dissertações presenciais por 60 dias. Nesse intervalo, os participantes devem recorrer às reuniões virtuais. Bolsistas no exterior e no Brasil contam com orientações atualizadas pela Coordenação no formato perguntas e respostas.

Outra medida de apoio é a Avaliação Quadrienal, plataforma que sistematiza dados dos programas de pós-graduação. É do Coleta que se extrai informação para a Avaliação Quadrienal. A reunião de avaliadores classifica, com notas de 3 a 7, o desempenho dos mais de 7 mil programas brasileiros.

No período de isolamento, diversas editoras científicas parceiras do Portal de Periódicos da CAPES franquearam acesso a conteúdo acadêmico normalmente restrito A editora Annual Reviews disponibilizou mais de 40 mil textos para acesso aberto. Já a Sociedade Americana de Microbiologia, que liberou artigos relacionados a doenças.

(Brasília – Redação CCS/CAPES)
A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura CCS/CAPES

Compartilhe o que você leu