Notícias CAPES divulga projetos selecionados para Combate a Epidemias
COVID-19

CAPES divulga projetos selecionados para Combate a Epidemias

Publicado: Sexta, 19 Junho 2020 09:46 , Última Atualização: Sexta, 26 Junho 2020 16:32

CAPES selecionou 31 projetos que envolvem 503 pesquisadores de 42 instituições de diversas partes do País, além de universidades do exterior

19062020 imagem

A Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES) divulgou, nesta sexta-feira, 19, os 31 projetos de pesquisa e formação de recursos humanos na pós-graduação stricto sensu selecionados pelo Edital nº 09/2020, do Programa de Combate a Epidemias. O resultado preliminar das propostas, que envolvem as áreas de epidemiologia, infectologia, microbiologia, imunologia, bioengenharia e bioinformática, foi publicado no Diário Oficial da União.

Os projetos selecionados envolvem 503 pesquisadores de 42 instituições do Nordeste, Centro-oeste, Sul e Sudeste, das redes federais, estaduais e privadas, além de universidades do exterior. O edital, que recebeu 545 propostas, previa a escolha de 30, mas, devido à alta qualidade, 31 atingiram a avaliação máxima e serão implementados.

“As pesquisas são muito promissoras, considerando a grande quantidade de excelentes propostas apresentadas”, afirma Benedito Aguiar, presidente da CAPES. “É uma demonstração de que há um grande interesse no assunto, além de um enorme potencial nas nossas universidades e centros de pesquisa que, estimulados e com o financiamento assegurado, poderão contribuir de forma significativa para o desenvolvimento científico e tecnológico do País no combate e prevenção de epidemias”, acrescenta.

A seleção é parte do programa estratégico desenvolvido para o enfrentamento da pandemia do novo coronavírus, causador da COVID-19, e em temas relacionados a endemias e epidemias típicas no País, por meio de apoio a projetos de pesquisas e formação de recursos humanos altamente qualificados.

No conjunto das propostas, destaca-se a integração de diversas disciplinas e de pesquisadores de variadas instituições em um mesmo projeto, inclusive com parceria de universidades e institutos de diferentes estados. “Esse cenário dá uma noção clara do potencial do impacto que esse edital vai proporcionar aos programas de pós-graduação, tanto na pesquisa quanto na formação de recursos humanos”, destaca Zena Martins, diretora de Programas e Bolsas no País da CAPES.

As pesquisas vão focar em estudos inovadores de prevenção, diagnóstico e estratégias terapêuticas, além de um melhor entendimento de doenças infecciosas, agentes e vetores. Também desenvolverão equipamentos de proteção individual para profissionais de saúde, e tecnologias e mecanismos para monitoramento, mapeamento e controle de surtos, endemias, epidemias e pandemias.

Para Odir Dellagostin, coordenador do Programa de Pós-Graduação em Biotecnologia da Universidade Federal de Pelotas (UFPel), que teve projeto selecionado no edital, o apoio da CAPES permitirá o desenvolvimento de várias ações que contribuirão de forma efetiva para a “formação de recursos humanos em área estratégica para o país e a produção de conhecimento de grande relevância para o enfrentamento desta e de outras epidemias que poderão surgir no futuro”. Além disso, Dellagostin lembrou possibilidade dessa iniciativa gerar novas tecnologias de diagnóstico, prevenção e tratamento da COVID-19.

Os autores das propostas têm três dias para entrar com recurso, após a publicação do extrato do resultado preliminar no Diário Oficial, pelo sistema de inscrição da CAPES (SICAPES). O resultado final está previsto para ser divulgado a partir de 1º de julho e as atividades dos projetos devem começar a partir de 1º de agosto.

Programa de Combate a Epidemias
O Programa é um conjunto de ações de apoio a projetos, pesquisas e formação de recursos humanos para enfrentar a COVID-19 e estudar temas relacionados a endemias e epidemias. Duas dimensões estruturam o Programa: Ações Estratégicas Emergenciais Imediatas e Ações Estratégicas Emergenciais Induzidas em Áreas Específicas. No total, serão concedidas 2,6 mil bolsas e investimento de R$ 200 milhões ao longo de quatro anos.

Confira no Programa de Combate a Epidemias os detalhes dos três editais:
- CAPES - Epidemias - Edital nº 09/2020
- CAPES – Fármacos e Imunologia - Edital nº 11/2020
- CAPES – Telemedicina e Análise de Dados Médicos - Edital nº 12/2020

Confira o resultado preliminar do Edital nº 09/2020.

(Brasília – Redação CCS/CAPES)
A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura CCS/CAPES

Compartilhe o que você leu