Notícias Meio-Termo: refletir para avançar
Avaliação

Meio-Termo: refletir para avançar

Publicado: Quinta, 15 Agosto 2019 16:07 , Última Atualização: Quinta, 05 Setembro 2019 10:28

 MG 0567

Durante quatro anos os Programas de Pós-graduação (PPGs) procuram melhorar a qualidade dos cursos oferecidos e aumentar suas notas na Avaliação Quadrienal. Neste processo, a autoavaliação e o compartilhamento de experiências entre os PPGs podem ajudar nesta evolução.

Durante o seminário de Meio-Termo, os coordenadores dos PPGs têm a oportunidade de analisar o andamento dos programas desde a última Avaliação. A troca de experiências e a análise de indicadores ajuda nesta dinâmica desde os programas de excelência até os que ainda se encontram em fase de implementação e consolidação.

Vindo da Universidade Federal da Integração Latino-Americana, que fica na fronteira Brasil-Paraguai, em Foz do Iguaçu (PR), Antônio Guizzo coordena o PPG de Literatura Comparada. O curso, recém-criado na Quadrienal de 2017, tem nota 3. Agora, o esforço é para aumentar a nota do programa para 4 e passar a oferecer doutorado. “A região oeste do Paraná carece de um doutorado nessa área. A nota 4 será fundamental para que possamos enviar nossa proposta e conseguir que a instituição também cresça a pós-graduação."

 MG 0527 2

Coordenador de um curso de excelência – nota 6, Ivã Carlos Lopes, do PPG de Semiótica e Linguística Geral, busca entender os próximos passos da Avaliação, como a mudança do formato para multidimensional. “Li a respeito disso nos documentos que nos foram passados, mas é algo que eu quero conhecer melhor. Nós temos o hábito das avaliações tais como elas foram feitas até o momento”.

Sérgio Avellar, coordenador-geral de Normatização e Estudos da Diretoria de Avaliação, afirma que o seminário ajuda a aprimorar o sistema de avaliação. “É um momento de debate, de discussão, que cada área faz com seus coordenadores, seus grupos, para tentar aprimorar toda a questão instrumental da Avaliação”.

Seminário de Meio-Termo

O Seminário de Meio-Termo é uma avaliação intermediária e fornece um diagnóstico da qualidade de cada área, que discute perspectivas para os próximos anos. O Seminário é uma etapa preparatória para a próxima Avaliação Quadrienal, que ocorre em 2021. Entre agosto e outubro, mais de 4,5 mil coordenadores de cursos são esperados na CAPES.

(Brasília – Redação CCS/CAPES)
A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura CCS/CAPES

Compartilhe o que você leu