Notícias UAB ribeirinha integra escolas e comunidade
Amazonas

UAB ribeirinha integra escolas e comunidade

Publicado: Quarta, 28 Agosto 2019 15:16 , Última Atualização: Quinta, 29 Agosto 2019 18:43

Crianças

Desde novembro do ano passado, cerca de 60 comunidades ribeirinhas da região do Médio Juruá, extremo oeste do Amazonas, contam com a Universidade Aberta do Brasil (UAB). O Projeto Escolas Ribeirinhas Sustentáveis forma professores do município de Carauari (AM) em educação ambiental em colaboração com parceiros locais, estaduais e federais.

Uma das atividades desenvolvidas conta com jovens selecionados pelo Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Amazonas (IFAM) para mobilizar as comunidades e ajudar os professores a empreenderem esforços pelo cuidado das águas. As ações, voltadas para a melhoria da condição ambiental, também buscam parcerias para o desenvolvimento de tecnologias voltadas ao cuidado das águas, envolvendo escolas e comunidades.

“Os jovens têm mais facilidade para conquistar a confiança dos moradores, porque eles fazem parte das comunidades e conhecem a realidade local”, diz Fernanda de Araújo Moraes, moradora de Lago Serrado e contratada pelo Projeto.

Crianças na horta

Em fevereiro e junho deste ano o projeto realizou dois eventos chamados de Circuitos das Águas, que mobilizou a região. Cada edição reuniu cerca de 120 pessoas entre jovens, professores ribeirinhos das comunidades rurais e da cidade de Carauari, além de coordenadores pedagógicos das redes públicas municipal e estadual.

O Escolas Ribeirinhas Sustentáveis terá continuidade até o Festival das Águas, previsto para fevereiro de 2020, quando serão apresentados os resultados da formação com as atividades pedagógicas nas escolas da região durante este ano letivo.

(Brasília – Redação CCS/CAPES)
A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura CCS/CAPES

Compartilhe o que você leu