Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página
Reunião PAAP

Internacionalização da produção científica é tema de reunião do Portal de Periódicos

Publicado: Quarta, 29 Outubro 2014 20:01 | Última Atualização: Sexta, 31 Outubro 2014 16:19

O presidente da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), Jorge Almeida Guimarães, participou nesta quarta-feira, 29, no edifício-sede da Agência, da reunião Expandida do Conselho Consultivo do Programa de Apoio à Aquisição de Periódicos (PAAP), com representantes de editoras internacionais e de revistas científicas brasileiras. Estiveram presentes também a Coordenadora Geral do Portal de Periódicos da Capes, Elenara Chaves Edler, e o diretor de Programas e Bolsas no País, Marcio de Castro.

29out14 EncontroPeriodicosPAAP GF 0801
Presidente da Capes realizou abertura da reunião (Foto: Guilherme Feijó - CCS/Capes)

 

O objetivo do encontro é discutir as propostas de editoras internacionais para a edição de revistas científicas brasileiras como estão fazendo a China, a Coreia e outros países. "Queremos um modelo em que as revistas brasileiras, sem perder sua identidade e características, possam ter um padrão internacional e assim aumentar sua visibilidade", disse o presidente da Capes.

Durante a ocasião, as editoras Elsevier, Emerald, Springer, Taylor &Francis e Willey apresentaram suas propostas aos editores de revistas brasileiras, que se reuniram para ouvir as propostas e discuti-las em público cada editora internacional.

29out14 EncontroPeriodicosPAAP GF 0867
Evento reuniu editores de revistas científicas nacionais e internacionais (Foto: Guilherme Feijó - CCS/Capes)

Guimarães citou ainda a experiência Japonesa, na qual mesmo com quantidade e qualidade na sua produção científica, enfrentava dificuldades com a língua na disseminação de seus artigos em meados do século passado. "Hoje encontramos esses mesmos pesquisadores [japoneses] publicando na Science e na Nature, resultado de uma decisão acertada do país com o objetivo de ampliar a visibilidade de suas publicações. É esse tipo de avanço que necessitamos", explicou.

Para o presidente, essa é uma das iniciativas que faz parte da preocupação com a internacionalização das nossas universidades, focando na produção científica brasileira. "Nenhuma universidade brasileira tem condição de se internacionalizar inteiramente, mas ela pode se internacionalizar por setores", completou Jorge Guimarães.

Acesse aqui as apresentações realizadas pelos editores internacionais.

Gisele Novais

Fim do conteúdo da página