Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Sala de Imprensa > Notícias > Melhores teses de doutorado do país em 2014 são premiadas em Brasília
Início do conteúdo da página
Cerimônia

Melhores teses de doutorado do país em 2014 são premiadas em Brasília

Publicado: Sexta, 11 Dezembro 2015 12:08 | Última Atualização: Terça, 15 Dezembro 2015 14:24

A Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) promoveu nesta quinta-feira, 10, a solenidade de entrega do Prêmio Capes de Tese e do Grande Prêmio Capes de Tese 2015.

11122015-pct-2015-premiacao-9078
Presidente da Capes agradeceu as parcerias fruto do Prêmio e falou sobre a importância do reconhecimento das teses (Foto: Haydée Vieira – CCS/Capes)

O presidente da Capes, Carlos Nobre, agradeceu as parcerias fruto do Prêmio e falou sobre a importância do reconhecimento do trabalho dos presentes. "No Brasil, estamos ainda em um estágio de valorização da carreira do cientista. Comemoramos agora os 50 anos do Parecer Sucupira, que colocou o marco legal e conceitual da moderna pós-graduação brasileira, portanto, a valorização da pós-graduação e da ciência no Brasil é muito recente em comparação com vários países desenvolvidos. Não existe, ainda, na população brasileira, a percepção de que ciência e grandes cientistas são elementos essenciais para o desenvolvimento. Premiar é um reconhecimento modesto, tanto que o número de premiados é muito pequeno perto da competência que já estabelecemos na ciência, mas é muito importante. É necessário sinalizar que a sociedade valoriza essa profissão, o trabalho, o brilho e a contribuição intelectual dessas pessoas. É preciso reconhecer aqueles que estão construindo a ciência brasileira."

Luiz Cláudio Costa, secretário-executivo do Ministério da Educação, compareceu à premiação representando o ministro da Educação, Aloizio Mercadante, e fez uma reflexão sobre a história da pós-graduação no Brasil. "Temos uma história de sucesso. Estamos há pouco mais de 50 anos desde a defesa da primeira tese e já somos o 13º país produtor de conhecimento do mundo. Isso é extremamente relevante em um país com a nossa história e a nossa característica. A história de sucesso do Brasil na educação começa, curiosamente, na pós-graduação, que além de gerar ciência, foi de fundamental importância para expansão das universidades federais e institutos, pois isso só foi possível graças à formação de mestres e doutores de qualidade para atuar nos locais", afirmou.

11122015-pct-2015-premiacao-9151
Luiz Cláudio Costa fez uma reflexão sobre a história da pós-graduação no Brasil (Foto: Haydée Vieira – CCS/Capes)

Para o secretário-executivo, é perceptível que a pós-graduação brasileira afetou todas as atividades e que os frutos não estão só nas teses premiadas ou nas bibliotecas das universidades, estão presentes na vida das pessoas, em todas as áreas. "Se o Brasil já fez muito nesse tempo, tenho certeza que ainda fará muito mais. Além disso, graças ao trabalho desenvolvido por vocês e pela Capes, temos garantido a expansão da pós-graduação com qualidade. Temos que aplicar isso também à educação básica. No Plano Nacional de Educação temos metas que nos mostram o Brasil que queremos ter em dez anos e tenho certeza que isso será conquistado também com o trabalho dedicado de vocês."

Organização
O diretor de Avaliação da Capes, Arlindo Philippi Jr, representando a Comissão Executiva do Prêmio Capes de Tese, agradeceu à equipe responsável pelo Prêmio. ''É uma noite de festa, principalmente para os jovens que serão reconhecidos. Também para aqueles que tiveram a oportunidade de orientar esses jovens e, da mesma forma, para as universidades que abrigaram esses estudantes. Meu agradecimento vai a todos os responsáveis por essa festa, mas também àqueles que participaram do processo de avaliação e às instituições que concedem os prêmios, que estimulam a nossa comunidade por meio de um reconhecimento àquilo que poderá trazer um maior desenvolvimento ao nosso país. Sou extremamente feliz por ser parte dessa comunidade e, ao mesmo tempo, sentir a seriedade com que esse trabalho é feito e o que ele representa para o Brasil. Esperamos que nossos premiados consigam, de fato, trazer maior bem estar à sociedade brasileira por meio do conhecimento."

11122015-pct-2015-premiacao-9031
Representando a Comissão Executiva do Prêmio Capes de Tese, Arlindo Philippi Jr, agradeceu à equipe responsável pelo Prêmio (Foto: Haydée Vieira – CCS/Capes)

Também participaram da entrega dos prêmios o diretor de Relações Internacionais da Capes, Adalberto Luiz Val, e a diretora de Formação de Professores da Educação Básica da Capes, Irene Maurício Cazorla.

Prêmio
O Prêmio Capes de Tese e o Grande Prêmio Capes de Tese foram instituídos no ano de 2005, e são concedidos anualmente pela Capes às melhores teses de doutorado defendidas e aprovadas nos cursos adimplentes e reconhecidos no Sistema Nacional de Pós-graduação.

Participam do Prêmio Capes de Tese os trabalhos defendidos no Brasil, inscritos pelos programas de pós-graduação, em cada uma das 48 áreas do conhecimento reconhecidas pela Capes. São considerados na seleção os quesitos originalidade, relevância para o desenvolvimento científico, tecnológico, cultural, social, de inovação e valor agregado ao sistema educacional. A seleção é feita por comissões formadas por membros da comunidade em cada área.

Em 2015, o prêmio contou com 735 teses de doutorado inscritas por 86 instituições. Destas, 48 teses defendidas em 2014 foram premiadas e 86 receberam menções honrosas. Acesse aqui a lista dos premiados.

11122015-pct-2015-premiacao-0207
Em 2015, 86 teses defendidas em 2014 receberam Menção Honrosa (Foto: Haydée Vieira – CCS/Capes)

O Prêmio Capes de Tese consiste em passagem aérea e diária para o autor e um dos orientadores da tese premiada para que compareçam à cerimônia de premiação; certificado de premiação ao orientador, coorientador(es) e ao programa em que foi defendida a tese; certificado de premiação e medalha para autor; auxílio equivalente a uma participação em congresso nacional para o orientador, no valor de R$ 3 mil; bolsa para realização de estágio pós-doutoral em instituição nacional de até três anos para o autor da tese, podendo converter um ano em estágio pós-doutoral fora do país em uma instituição de notória excelência na área de conhecimento do premiado.

Fundação Carlos Chagas
Durante a cerimônia também foram entregues prêmios especiais frutos de parcerias que buscam incentivar o desenvolvimento científico de determinadas áreas. O Prêmio Capes-Fundação Carlos Chagas (FCC) premia os autores vencedores nas áreas de Educação e de Ensino com o valor de R$ 15 mil.

A coordenadora do Departamento de Pesquisa Educacionais da FCC, Sandra Unbehaum, subiu ao palco para fazer a entrega da premiação a Cristiane Correia Taveira, do PPG em Educação da Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro, e Filipe Santos Fernandes, do PPG em Educação Matemática da Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita" - Rio Claro. "A FCC sente-se honrada em premiar, pelo quarto ano consecutivo, as melhores teses nas áreas de Educação e de Ensino. Nossa instituição soma-se aos esforços da Capes em sua finalidade de fomentar a pesquisa, a educação superior e o ensino, com vistas ao desenvolvimento científico e tecnológico do nosso país. Por meio deste prêmio, queremos homenagear todos os pesquisadores empenhados no desenvolvimento de estudos que possam contribuir para a melhoria da educação e do ensino no Brasil, que serão, sem dúvida, inspiradores não só de novas pesquisas, mas de mudanças concertas."

11122015-pct-2015-premiacao-0286
Fundação Carlos Chagas faz uma premiação especial aos autores vencedores nas áreas de Educação e Ensino (Foto: Haydée Vieira – CCS/Capes)

Na categoria Menção Honrosa, a FCC oferece quatro prêmios no valor de R$ 5 mil cada, sendo duas premiações em cada uma das duas áreas. Receberam esta premiação Roseli Regis dos Reis, da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC/SP), Patrícia Daniela Maciel, da Universidade Federal de Pelotas (UFPEL), France Fraiha-Martins, da Universidade Federal do Pará (UFPA), e Marta Maximo Pereira, da Universidade de São Paulo (USP).

Interfarma
Em parceria com Associação da Indústria Farmacêutica de Pesquisa, o Prêmio Capes-Interfarma de Inovação e Pesquisa contempla as teses de doutorado em Saúde Humana ou Ética/Bioética no Brasil, Medicina, Odontologia, Farmácia, Enfermagem ou Ciências Biomédicas (que inclui Genética; Fisiologia, Bioquímica, Farmacologia; Imunologia, Microbiologia, Parasitologia e Biologia Celular).

"Consideramos que a inovação pode ser destacada como a grande força propulsora e renovadora das empresas e, consequentemente, do crescimento sustentável das nações. É o terceiro ano consecutivo que entregamos este prêmio, que representa para nós um grande exemplo de que consideramos a pesquisa como princípio fundamental de nossas atividades e a concretização daquilo que acreditamos que pode contribuir para melhorar o ambiente de pesquisas científicas no Brasil. Precisamos seguir fazendo a diferença com o objetivo de que cada vez mais pessoas possam usufruir da nossa pesquisa e inovação", discursou a diretora Maria José Delgado Fagundes, representando a presidência da Interfarma.

11122015-pct-2015-premiacao-0360
Prêmio Capes-Interfarma é entregue pelo 3º ano consecutivo durante cerimônia do Prêmio Capes de Tese (Foto: Haydée Vieira – CCS/Capes)

As autoras das duas teses vencedoras, Edmarcia Elisa Souza, do Programa de Pós-Graduação em Biologia Funcional e Molecular da Universidade Estadual de Campinas, e Monique da Rocha Queiroz Lima, do Programa de Pós-Graduação em Medicina Tropical da Fundação Oswaldo Cruz, receberam prêmio no valor de R$ 26.495,75, passagem aérea para comparecimento na cerimônia de premiação, troféu, certificado de premiação e bolsa para realização de estágio pós-doutoral em instituição nacional de até três anos, que poderá ser convertida em estágio pós-doutoral de um ano fora do país em uma instituição de notória excelência na área de conhecimento do premiado.

Os orientadores, Jorg Kobarg e Flávia Barreto dos Santos, receberam certificado, passagem aérea para comparecimento na cerimônia de premiação e prêmio para participação em congresso nacional no valor de R$ 3 mil.

Grande Prêmio
Anualmente, o Grande Prêmio Capes de Tese é concedido, em parceria com a Fundação Conrado Wessel (FCW), às três melhores teses ganhadoras do Prêmio Capes e selecionadas nos três grupos de grandes áreas de avaliação. José Moscogliatto Caricatti, superintendente da FCW, revelou o prazer de participar de uma premiação na Capes. "Este órgão é sinônimo de qualidade. Atualmente, este prêmio é um dos maiores que oferecemos e espero que ele seja aproveitado com qualidade."

11122015-pct-2015-premiacao-0542
As três melhores teses selecionadas nos grupos das grandes áreas de avaliação foram premiadas pela Fundação Conrado Wessel (Foto: Haydée Vieira – CCS/Capes)

No Grande Prêmio de 2015, foram homenageados Paulo Emílio Vanzolini (Ciências Biológicas, Ciências da Saúde, Ciências Agrárias), Aziz Nacib Ab'Sáber (Engenharias, Ciências Exatas e da Terra e Multidisciplinar – Materiais e Biotecnologia) e Antônio Houaiss (Ciências Humanas, Lingüística, Letras e Artes, Ciências Sociais Aplicadas e Multidisciplinar – Ensino). Foram premiados, respectivamente, Pedro Elias Marques Pereira da Silva, do Programa de Pós-Graduação (PPG) em Biologia Celular da Universidade Federal de Minas Gerais, Edroaldo Lummertz da Rocha, do PPG em Ciência e Engenharia de Materiais da Universidade Federal de Santa Catarina, e Tathiane Agra de Lemos Martins, do PPG em Arquitetura da Universidade Federal do Rio de Janeiro.

"A ficha ainda não caiu, mas estou muito emocionada. Foram anos de trabalho e é muito bom ser recompensada assim", resumiu Tathiane Martins.

Pedro Elias compartilhou da mesma emoção. "A sensação é maravilhosa. É muito bom ser reconhecido por este prêmio, ainda mais em um lugar em que a pesquisa é valorizada. Este é um ótimo incentivo não só para eu continuar, mas para que pessoas possam saber que existe um topo onde que podem chegar. Agora, já estou com o pós-doutorado encaminhado. Quero ir pra fora melhorar minha formação e pretendo voltar o mais rápido possível para contribuir com a pesquisa de qualidade aqui no Brasil."

11122015-pct-2015-premiacao-9102
Solenidade de entrega do Prêmio Capes de Tese aconteceu na sede da Capes, em Brasília (Foto: Haydée Vieira – CCS/Capes)

Edroaldo da Rocha encontra-se no exterior e não pôde comparecer à cerimônia de premiação, mas seu pai, Eriovaldo Daitx da Rocha, o representou. "Ele não pôde estar aqui, pois está fazendo pós-doutorado fora do país, mas, com certeza, essa premiação é um orgulho para ele e para nós familiares. Espero que cada vez mais ele nos proporcione boas surpresas assim."

Benefícios
O Grande Prêmio Capes de Tese consiste em passagem aérea e diária para o autor e um dos orientadores da tese premiada para que compareçam à cerimônia de premiação; certificado de premiação ao orientador, coorientador(es) e ao programa em que foi defendida a tese; certificado de premiação e medalha para autor; auxílio equivalente a uma participação em congresso internacional para o orientador, no valor de R$ 6 mil; bolsa para realização de estágio pós-doutoral em instituição nacional de até cinco anos para o autor da tese, podendo converter um ano em estágio pós-doutoral fora do país em uma instituição de notória excelência na área de conhecimento do premiado; e U$ 15 mil para o premiado, concedidos pela Fundação Conrado Wessel.

Veja o livreto com as informações sobre as teses premiadas, dados estatísticos do Prêmio Capes de Tese, informações sobre os cientistas homenageados e sobre as premiações especiais.

(Natália Morato)

Fim do conteúdo da página