Sala de Imprensa Sala de Imprensa Notícias Livros sobre conflitos sociais financiados pela CAPES serão disponibilizados gratuitamente
Memórias Brasileiras

Livros sobre conflitos sociais financiados pela CAPES serão disponibilizados gratuitamente

Publicado: Terça, 20 Março 2018 14:07 , Última Atualização: Terça, 20 Março 2018 14:07

Os livros produzidos no âmbito dos projetos aprovados pelo programa Memórias Brasileiras: Conflitos Sociais, uma iniciativa da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES) para a compreensão da história do Brasil republicano, serão disponibilizados gratuitamente, em formato de eletrônico.

A chamada pública, cujo resultado foi divulgado em janeiro de 2017, escolheu 12 pesquisas científicas que resultaram em livros, que poderão vir a ser utilizados na educação básica, e que deverão enfocar processos e episódios (revoltas, insurreições, rebeliões populares, lutas armadas, manifestações populares entre outros) que, ao longo da história brasileira do período republicano, tenham sido expressão da conflitividade social e significativos para o entendimento da construção do Estado e da sociedade brasileira, valorizando episódios pouco estudados da história brasileira.

A mudança no regime de publicidade das obras foi publicada no Diário Oficial da União desta terça-feira, 20. O que estava previsto anteriormente é que apenas a primeira tiragem, composta por 100 exemplares, seria entregue à CAPES para distribuição. Agora, a publicação deve ser de acesso gratuito, em sítio a ser definido conforme critérios do pesquisador.

Entre os trabalhos aprovados estão “Indígenas, quilombolas e napalm: uma história da guerrilha do Vale do Ribeira”, da Universidade Federal do Paraná; “Desigualdades, violência e violações de direitos humanos na Amazônia brasileira”, da Universidade Federal do Pará; e “Transformação do ativismo no Brasil: junho de 2013 em perspectiva comparada”, da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ).

Conheça os outros projetos aprovados.

(Brasília – CCS/CAPES)
A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura 'CCS/CAPES’

Compartilhe o que você leu