Notícias CAPES apresenta cenário da pós-graduação brasileira
Workshop

CAPES apresenta cenário da pós-graduação brasileira

Publicado: Quarta, 17 Junho 2020 19:27 , Última Atualização: Quarta, 24 Junho 2020 11:02

Com dados do Sistema Nacional de Pós-Graduação e programas implementados pela CAPES, Benedito Aguiar explicou a importância da pesquisa para o desenvolvimento do País

17062020 bannermateria work

Benedito Aguiar, presidente da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES) participou do IV Workshop da Pós-Graduação da Universidade de Passo Fundo (UPF), onde falou sobre as ações da Coordenação em apoio à pós-graduação no Brasil. O evento aconteceu em sala virtual, nesta quarta-feira, 17, com cerca de 200 participantes.

“O processo de expansão do Sistema Nacional de Pós-Graduação (SNPG) é significativo e exerce papel fundamental na consolidação de qualquer universidade”, pontuou o presidente, ao contar que na busca pela excelência acadêmica a pesquisa deixa de ser opcional e passa a ser obrigatória. Aguiar afirmou que “o grande desafio do SNPG é crescer com qualidade, trabalhando junto aos programas de pós-graduação, de tal maneira que possamos dar as respostas que o País precisa nos dias atuais”.

Com os números de mais de 65.500 mestres e 23.800 doutores concluintes em 2019, as metas estabelecidas pelo Plano Nacional de Pós-Graduação (PNPG) serão superadas quanto à formação de pessoas qualificadas para atender, sobretudo, a demanda da academia. Agora, o foco precisa atender às necessidades da sociedade de forma geral e “contribuir para o crescimento do País, desenvolvendo pesquisas para a solução de problemas, a exemplo da atual pandemia”.

Ao explicar sobre pensar estrategicamente quais as áreas precisam de mais investimento científico e tecnológico no País, o presidente citou o Programa de Combate a Epidemias. Lançado em abril, a iniciativa propôs ações emergenciais de caráter imediato e mais três editais para apoio em áreas estratégicas específicas, com um investimento de R$200 milhões.

Dentro do mesmo tema, Benedito Aguiar mencionou ainda os recentes programas de Desenvolvimento da Pós-Graduação na Amazônia Legal, que irá aproveitar as vocações regionais existentes naquela área, e o de Desenvolvimento da Pós-Graduação (PDPG) - Parcerias Estratégicas nos Estados, que será executado com as Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa e as universidades, em todos os estados brasileiros.

(Brasília – Redação CCS/CAPES)
A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura CCS/CAPES

Compartilhe o que você leu